Hospital Amigo da Criança

A Santa Casa de Misericórdia da Irmandade Senhor dos Passos de Ubatuba foi reconhecida como “Hospital Amigo da Criança” em 2001, sendo o primeiro Hospital do Litoral Norte e Vale do Paraíba a obter a certificação pela Unicef e Organização Mundial da Saúde (OMS), que idealizaram em 1990 a iniciativa para promover, proteger e apoiar a amamentação, recurso mais eficiente para fortificar a imunidade e proteger as crianças contra as ameaças mais atuais.

Em 1992, a ação foi incorporada pelo Ministério da Saúde como prioritária e, desde então, conta com o apoio das Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde para capacitar profissionais e estimular as redes hospitalares ao credenciamento.

Dentro do programa “Hospital Amigo da Criança” mães são orientadas para amamentação desde o pré-natal até o puerpério, com isso os índices de aleitamento materno exclusivo e continuado reduz a morbimortalidade materna e infantil.

Rede Cegonha: A Santa Casa de Ubatuba é adepta ao projeto

Atendimento humanizado para gestantes

A Rede Cegonha é uma estratégia do Ministério da Saúde para a implementação de cuidados que asseguram às mulheres o direito ao planejamento reprodutivo e à atenção humanizada durante a gravidez, parto e puerpério. A ação garante ainda às crianças o direito ao nascimento seguro, crescimento e desenvolvimento saudáveis.

O projeto tem como características o respeito à diversidade cultural, étnica e racial a participação e mobilização social e a promoção da saúde e da equidade. A Rede Cegonha desenvolve um importantíssimo papel de cuidado e atenção à saúde, ampliando o olhar ao processo de gravidez e cuidado estendido.

Além de estimular o atendimento humanizado à gestante – oferecendo na maternidade um ambiente mais adequado, privativo e um atendimento centrado na mulher e na família – a Rede Cegonha visa ainda reduzir as ocorrências de cesarianas desnecessárias e a taxa de mortalidade materna e neonatal na rede pública de saúde.

Dentro da Rede Cegonha e dos princípios da humanização e assistência, as mulheres, os recém-nascidos e as crianças têm direito à realização de parto e nascimento seguros, através de boas práticas de atenção, assim como é direito das gestantes ter um acompanhante, de sua livre escolha, durante todo o período de trabalho de parto, parto e pós-parto imediato.

Há anos o projeto Rede Cegonha vem sendo desenvolvido, adaptado e aplicado na Santa Casa de Ubatuba, que se orgulha por se empenhar em oferecer melhores condições de atendimento às gestantes e seus bebês.



Acesse o Resultado de seus Exames
Clique aqui!
Acesse a Santa Casa de Ubatuba no CNES - Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde

Últimas Notícias

Em dois meses Santa Casa de Ubatuba realiza 160 “Testes da Orelhinha”

Santa Casa quer saber a avaliação do paciente sobre o atendimento recebido

Parceria entre Santa Casa e Secretaria de Saúde viabiliza atendimento odontológico para pacientes com necessidades especiais

Equipe da cozinha da Santa Casa passa por treinamento

Deputado Padre Afonso visita a Santa Casa de Ubatuba

Santa Casa reestrutura atendimento de convênio e particular

Veja Notícias
  
x