Santa Casa de Ubatuba promove Roda de Conversa sobre aleitamento materno

O leite materno é sem dúvida o melhor alimento para os bebês, mas o processo de amamentar nem sempre é fácil.
Na semana mundial do aleitamento materno, a Santa Casa de Ubatuba promoveu uma “Roda de Conversa” envolvendo colaboradoras do Hospital, mães, pais e gestantes. Com foco na proteção e incentivo ao aleitamento materno, os participantes puderam compartilhar vivências e debater como a amamentação contribui para o desenvolvimento de uma vida inteira. A ação acontece na primeira semana do mês de campanha a amamentação, Agosto Dourado.
 
Segundo a palestrante Reginalva Pires, enfermeira obstetra do Hospital, durante o aleitamento materno é comum as mamães ouvirem frases como, “esse bebê mama muito”, “seu leite não está sustentando” ou “seu leite é fraco”. “É normal, principalmente nos primeiros meses, os bebês mamarem mais, eles estão se adaptando ao mundo aqui fora, e peito além de alimento é conforto e segurança. Então ignore os comentários alheios e curta esse momento que logo passa. A orientação da OMS é amamentação livre demanda e exclusiva até os seis meses, ou seja, oferecer o peito sempre que a mãe e/ou bebê quiserem ou sentirem necessidade, lembrando que seu bebê é recém nascido ele não pode ficar mais de 3h sem mamar, se ele for um bebê dorminhoco precisa acordar para mamar”. Enfatizou a enfermeira.
 
Sempre que estiverem em dúvidas, procure um profissional que entenda do assunto para obter ajuda nessa nova etapa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.